03 março 2016

Sweet - Tammara Webber

Título: Sweet (Vol. 3 Contornos do coração)
Autora: Tammara Webber
Tradutor: Débora Isidoro
Gênero: Romance estrangeiro/ New Adult
Páginas: 322
Ano: 2015- 1ª Ed.
Editora: Verus Editora 

Sinopse: Ele é o amor da vida dela, mas não sabe disso. Ela é a única pessoa por quem ele faria um sacrifício. Os dois só precisam se dar uma segunda chance 

Boyce Wynn é um cara ferido e selvagem, mas resiliente. Pearl Frank sempre foi uma garota obediente, mas agora está inquieta. Quando volta para sua cidadezinha, em crise com sua escolha profissional, Pearl tem duas certezas: Boyce é exatamente aquilo que ela deveria evitar — e tudo o que ela mais quer. Ele é rebelde e barulhento. Indiferente ao que as pessoas pensam dele. Intenso. Forte. Perigoso.
Mas Boyce tem mais uma característica — algo que ele esconde de todos, exceto de Pearl: ele é doce.
Neste volume da série Contornos do Coração, você vai conhecer a história de dois amigos conforme eles descobrem que sempre foram mais que isso — além de rever personagens conhecidos, como Lucas e Jacqueline.


E a sumida decidiu aparecer por aqui! Pois é, parece que meu senso crítico me abandonou por algum tempo, mas ele está voltando aos poucos e nada como recomeçar com uma das minhas séries preferidas, Contornos do Coração da Tammara Webber.
Harriet Beecher Stowe escreveu: "As lágrimas mais amargas derramadas sobre um túmulo são aquelas choradas por palavras que não foram ditas e por coisas que não foram feitas." p. 256.
Dessa vez eu vou falar do livro Sweet, lançado em novembro de 2015. A história gira em torno de Boyce e Pearl. Para quem não lembra, Boyce é o melhor amigo do nosso queridinho Lucas, dos livros anteriores. Então, eu tinha uma imagem dele completamente oposta a descrita no livro, eu realmente achei que ele fosse mais tipo ogro, tanto que me surpreendi quando comecei a leitura.

Boyce é a criatura mais adorável e sensível entre os personagens que conhecemos até agora dessa série. Eu achava que o Lucas era o tipo de cara que despertava o instinto de proteção na gente, mas depois que eu conheci o Boyce, cheguei à conclusão que ele também nos faz sentir assim. Toda aquela pinta de valentão não passa de uma máscara para encobrir a verdadeira personalidade dele.

Mas deixa eu contar um pouco da história. Pearl, antiga colega de escola do Lucas e do Boyce, percebe que os planos traçados para sua vida não são os que ela deseja seguir. Todo o tempo ela estudou para ser médica, mas seu verdadeiro sonho era ser bióloga marinha. Ao contar isso para o namorado, ele entende que ela está destruindo a relação de ambos e lhe dá um ultimato: largar aquela ideia idiota ou terminar o namoro. E é assim que nossa personagem volta para sua cidade natal, solteira. Porém, ainda tinha que contar para sua mãe sobre suas escolhas.

E aqui já somos capazes de saber como que terminou essa conversa. Pearl foi expulsa de casa e para não ficar desamparada e nem ter que renunciar ao que tanto queria, Boyce entra para salvar sua pele mais uma vez. E por que eu digo isso? Bom, os dois se conhecem desde quando eram crianças, época na qual Boyce a salvou de um afogamento e este se tornou o marco inicial da história deles.

Mas voltando... Boyce a leva para sua “casa” e lá eles enfrentam o maior dos conflitos internos: a paixão avassaladora que um tem com o outro.

Conhecem a expressão “chove-não-molha”? Mais da metade do livro é isso, aquela angústia para rolar algo entre os dois, nem que seja um beijinho. Boyce é um perfeito cavalheiro, mas não se acha digno dela e Pearl ainda é a garotinha que tem vergonha de que a vejam com o badboy. E para completar, a vida de Boyce começa a ruir, o que o deixa ainda mais inseguro em ser sincero com relação aos seus sentimentos.

Tudo bem que eu falei que ele usa uma máscara para se esconder, quem leu Breakable deve lembrar de quando Lucas comentava sobre a relação difícil entre Boyce e o pai. Aqui entendemos melhor esses conflitos, que não são poucos. Boyce foi abandonado pela mãe quando criança, deixado aos cuidados do pai bêbado e violento e do irmão que tinha só 15 anos na época. Quando o irmão morreu, sua vida virou um total inferno, já que agora ele era o saco de pancadas para o pai, sendo isso também que o levou para o caminho do tráfico, das brigas e das cobranças de dívidas ao lado do Lucas.

Sinceramente eu achei bem enrolado esse livro, porque não tinha investidas de nenhum. Algumas provocações do Boyce e um olhar mais secante da Pearl, só que não passava disso. Mas não se enganem se acham que isso possa ter tornado o livro ruim. Tammara tem uma escrita muito fluída, quando percebemos, já lemos metade do livro sem nem perceber o tempo passar. Além disso, ela consegue prender a atenção do leitor até a última folha e ainda nos concede um desfecho para a história digno de novela das nove, na Globo.

~Por Jéssica

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Não sabia da existência desse livro, mas li Easy da autora, gostei muito e vou por esse na minha lista de leitura também.

    Sua resenha está ótima!
    beijos
    http://infinitudedepalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir